sábado, Agosto 20, 2005

O Povo está desunido, por isso é facilmente vencido...

Um dia destes descobri uma letra de uma canção que aprecio bastante: o Portugal Ressuscitado, interpretado por Fernando Tordo, e com letra de Ary dos Santos. Desde já aviso que não vale a pena lançarem-se á prócura desta canção em MP3, pq pelo Kazaa... não há nada! :( Mas fica cá a letra:

Depois da fome, da guerra
Da prisão e da tortura
Vi abrir-se a minha terra
Como um cravo de ternura
Vi nas ruas da cidade
O coração do meu povo
Gaivota da liberdade
Voando num tejo novo


E agora, o povo unido nunca mais será vencido,
Nunca mais será vencido
E agora, o povo unido nunca mais será vencido,
Nunca mais será vencido


Vi nas bocas, vi nos olhos,
os braços, as mãos acesas
Cravos vermelhos, aos molhos
Rosas livres portuguesas
Vi as portas da prisão
Abertas de par em par
Vi passar a procissão
Do meu país a cantar


E agora, o povo unido nunca mais será vencido
Nunca mais será vencido
E agora, o povo unido nunca mais será vencido
Nunca mais será vencido


Nunca mais nos curvaremos
Ás arma da repressão
Somos a força que temos
O pulsar no coração
Enquanto nos mantivermos
Todos juntos, lado a lado
Somos a glória de sermos
Portugal ressucitado


E agora, o povo unido nunca mais será vencido
Nunca mais será vencido
E agora, o povo unido nunca mais será vencido
Nunca mais será vencido


Do outro lado do mar
Desta vez o soldadinho
Nunca mais se fez ao mar


Aí está uma letra que nos deveria pôr todos a meditar. Já repararam que nós temos aquele sentimento fraterno de união? Agora puxamos cada um para o seu lado! O Governo puxa para um lado, os diversos trabalhadores puxam a brasa á sua sardinha, os partidos não se entendem... Não há um designio nacional e uma verdadeira vontade colectiva... E o pior é que não haverá tão cedo outro EURO2004!
Hoje vivemos com inveja uns dos outros e com inveja da Europa. Até parece que o défice é assim tão importante nas nossas vidas, e que os nosso parceiros europeus vivem no paraíso! Mais: até parece que eles têm todas as qualidades e nós todos os defeitos! Que mundo este, meu Deus! Sobrevivemos 800 anos, e sobreviveremos outros 800!
O pior é que com este clima, haverá sempre alguém com más intenções que se aproveite para ganhar pontos e poder. E posso garantir que os extremos (esquerda e direita) já se estão a movimentar...
Apetece-me dizer que Salgueiro Maia, Humberto Delgado, Dias Coelho devem estar a dar voltas na campa. Não foi para isto que eles lutaram e deram as suas vidas! Pelo contrário, Salazar, Caetano, Champallimaud, Alfredo da Silva, alguém com nome Espirito Santo, Tomaz, Boullosa e outros devem estar maravilhados com este clima...
Por isso será dito: HOJE SOMOS VENCIDOS PORQUE QUEREMOS! PORQUE SE NOS UNIRMOS VENCEREMOS QUALQUER BESTA QUE SE QUEIRA ATRAVESSAR NO CAMINHO!
Basta querermos... e dizer com alegria: VIVA PORTUGAL!